11 99231-6498
Language:
Apresentação
11 99231-6498
SIGA-NOS

Notícias

Academia Ituana de Letras promoveu palestra sobre a origem da Imprensa Católica em Itu

A Academia Ituana de Letras, em sua última reunião ordinária, no último dia 2 de junho, contou com uma palestra sobre a origem da imprensa católica em Itu. O encontro foi conduzido pela acadêmica Allie Marie Dias de Queiroz, que também é Coordenadora da Biblioteca Histórica Padre Luiz D’Elboux, instalada na Igreja do Bom Jesus.

Além de relatar a participação do Padre Taddei no estabelecimento da primeira editora de livros na cidade, a Typographia do Apostolado que, em 1895, lançou o romance histórico “O Paulista”, de Augusto Cesar de Barros Cruz, tratou da organização da revista Mensageiro do Coração de Jesus.

Padre Taddei é o pioneiro da imprensa católica no Brasil, fundador da revista Mensageiro do Coração de Jesus e esta em processo de canonização na Cúria Romana. O missionário jesuíta Padre Bartolomeu Taddei foi uma das figuras mais expressivas do clero brasileiro entre os séculos XIX e XX, cuja memória é pouco conhecida hoje, mesmo em Itu, onde viveu quase cinquenta anos.

Sua morte causou imensa mobilização nos setores da Igreja Católica por todo o Brasil, tamanha sua influência sobre bispos e arcebispos desde que fundou, em 1871, o primeiro centro do Apostolado da Oração no Brasil, em Itu.
Atuou como missionário de cidade em cidade, paróquia por paróquia, fundando centros de devoção ao Sagrado Coração de Jesus, com o objetivo de transformar o Catolicismo brasileiro, para que fosse mais ligado à Igreja de Roma e menos envolvido com as tradições coloniais, das antigas irmandades e confrarias.

O jesuíta nasceu, há 181 anos, na região de Aquila, na Itália, em 7 de novembro de 1837. Depois de ordenado padre entrou para a Companhia de Jesus, com 25 anos de idade e foi destinado a servir a Igreja no Brasil, fazendo parte do grupo de quatro jesuítas fundadores do Colégio São Luis, em Itu. Sua missão especial foi divulgar a devoção ao Sagrado Coração.

Em quarenta anos criou centenas de centros do Apostolado da Oração, que mudaram a história da Igreja Católica no Brasil, especialmente no momento em que ela se tornava independente do governo imperial e o país se transformava em uma República laica.

Foi o pioneiro da imprensa católica, fundando em Itu a revista Mensageiro do Coração de Jesus (1896), ainda hoje, depois de 122 anos, uma das publicações católicas mais lidas, que deu origem à editora Loyola. Foi também o mentor dos intelectuais que fundaram, em Itu, o jornal A Federação (1905).

Sua vida de austera pobreza, não o impediu de ganhar a fama de grande pregador, mestre de oratória, aplaudido pelo povo e pelas elites, em templos sempre lotados por todo o país. Desenvolveu importantes trabalhos sociais, com seus irmãos de Ordem, no combate a epidemias, redução da pobreza através de obras de caridade, aproximando as elites econômicas dos problemas da fome e miséria.

Congresso Nacional do Apostolado da Oração

No próximo mês de setembro o Apostolado da Oração, que conta com mais de 3 milhões de adeptos em todo o país, realizará um Congresso Nacional no mosteiro de Itaici, vizinho a Indaiatuba.

Na pauta, o Padre Eliomar Ribeiro, Diretor Nacional do Apostolado da Oração,     incluiu uma comunicação sobre o papel do Padre Taddei para o fortalecimento do Catolicismo no Brasil.           

Além de celebrações religiosas e ações educativas nos próximos dias, a semana comemorativa se encerra na próxima sexta-feira, dia 8 de junho, festa do Sagrado Coração de Jesus, com a solene Hora Santa (16h30) e Missa Cantada (18h), na Igreja do Bom Jesus, em Itu.
 
 
www.grandeitu.com.br
Raul Machado Carvalho – Editor
grandeitu@grandeitu.com.br