11 99231-6498
Language:
Apresentação
11 99231-6498
SIGA-NOS

Notícias

Cinco destinos religiosos, no Estado de São Paulo, às margens do Tietê

Matriz de Itu - N.S. da Candelária
O mês de outubro, tradicionalmente, tem forte representação religiosa no Brasil. Não só pela festa de N.S. Aparecida, comemorada no dia 12, como, também, por outras devoções.

Confira a possibilidade de um passeio pela fé em cidades muito próximas a São Paulo e que fazem parte do conhecido Roteiro dos Bandeirantes. Saindo de São Paulo pela rodovia Castello Branco, logo no km 40, há a entrada para a Rodovia dos Romeiros e a primeira parada é Santana de Parnaíba.

É o ponto de partida para os cerca de 110 quilômetros da rota. Distante 40 quilômetros de São Paulo, Santana de Parnaíba foi fundada às margens do Tietê em 1580. A cidade apresenta o maior conjunto arquitetônico preservado do Estado, com 209 construções dos séculos XVII ao XX. Entre elas a Casa do Anhanguera e a Igreja Matriz Nossa Senhora de Santana. Informações Turísticas: (11) 4154-1874.

Retomando a rodovia, depois de 14 km, o turista entra em Pirapora do Bom Jesus, cuja história tem início em 1725 quando pescadores encontraram, no Rio Tietê, a imagem de Cristo - agora exposta no Santuário. No início, Pirapora foi um vilarejo missionário e sua importância esteve atrelada à função religiosa. Posteriormente, passou a ser um pólo de atração de romeiros. Informações Turísticas (11) 4131-1211.

A próxima parada é Cabreúva, fundada no início do século 18 ficou conhecida como a "Terra da Pinga". Localizada a 78 quilômetros da capital paulista, a cidade virou também opção de turismo ecológico e de aventura, com muitas cachoeiras, grutas, trilhas para passeios a cavalo e pesqueiros. No bairro do Jacaré esta localizado o maior templo budista do país, lugar de meditação e de fé. Informações turísticas: (11) 4528-5016.

O destino seguinte é Itu, conhecida por Roma Brasileira, pela religiosidade católica do seu povo, em cujo centro histórico há uma grande concentração de igrejas de estilo barroco. A igreja matriz, N.S. da Candelária, de 1780, é o maior monumento barroco do Estado de São Paulo, tombada pelo IPHAN e elevada à categoria de monumento nacional. Seu órgão de tubos é de 1883, da renomada marca francesa Cavaillè-coll.

Erguida em 1765 no local onde existiu a primeira capela do período da fundação de Itu (1710), a Igreja do Bom Jesus, abriga o Santuário Nacional do Sagrado Coração de Jesus, que atrai milhares de turistas religiosos todos os anos. Informações Turísicas: (11) 4023-1544.

Apenas 8 km adiante esta a cidade de Salto, cujo antigo povoado surgiu de um aldeamento de índios Guaianazes, ao lado da cachoeira que lhe emprestou o nome, em 1695. Além da Matriz de N.S. de Monte Serrat a cidade construiu o maior monumento do mundo à Virgem Maria, com 38 metros de altura, em concreto armado. No seu interior há uma capela e do seu topo, em dias claros, avistam-se cidades vizinhas. Informações turísticas: (11) 4028-2570.
 

www.grandeitu.com.br
Raul Machado Carvalho – Editor
grandeitu@grandeitu.com.br