11 99231-6498
Language:
Apresentação
11 99231-6498
SIGA-NOS

Notícias

Itu – falta d’água nunca mais – o turismo agradece

Quem não se lembra da agonia de meses sem água em Itu? Foi uma verdadeira tragédia para a população e para o fluxo de turistas na cidade. Afinal, o sofrimento atingiu em cheio as residências, hotéis, pousadas e restaurantes que, por falha de administrações anteriores, prejudicou a imagem da estância turística mais antiga do Estado de São Paulo.

Agora, a notícia é ótima: as barragens de captação de água operam com capacidade máxima em Itu em função, principalmente, do trabalho da CIS (Companhia Ituana de Saneamento) cuja atuação, comprometimento e transparência na manutenção das barragens, resultou em melhor aproveitamento da água das chuvas em 2017, o que favoreceu os mananciais que abastecem a cidade.

O volume das chuvas na região, em 2017, de acordo com o Clima Tempo, foi de 183,1 milímetros só em novembro. No ano, 1.383,1 milímetros de chuva foram registrados, índice superior à média histórica anual que é de 1.300mm. Dessa forma, o nível de água dos mananciais da cidade segue com 100% de sua capacidade. Os oito mananciais responsáveis pelo fornecimento de água em Itu são Taquaral/Pirapitingui, Braiaiá, Pau d´Alho, Gomes, São José, São Miguel, São Miguel/Varejão e Itaim.

Uma das preocupações da atual gestão municipal, agora, é reflorestar nascentes e matas ciliares da bacia hidrográfica do Itaim com seriedade e responsabilidade. A estratégia é pensar no longo prazo, pois a redução da velocidade do assoreamento dessa bacia, que abastece cerca de 40 barros de Itu, terá um efeito positivo na quantidade de água disponível.

Apesar do momento de tranquilidade é muito importante que a população continue com o comprometimento de economizar água. É claro que sempre ocorrerão desabastecimentos pontuais. Uma simples queda de energia elétrica pode provocar falta de água em alguns bairros. A mesma coisa acontece quando se rompe um cano ou adutora.

Todavia, é notório que o atendimento e reparo estão muito mais rápidos. Além disso, há também os descontentes com tudo e sem paciência que só se preocupam, às vezes por motivos políticos, ou para aparecer em redes sociais, a criticar o imenso trabalho do abastecimento e tratamento de água em Itu que, atualmente, opera com planificação coordenada, empenho e transparência.