11 99231-6498
Language:
Apresentação
11 99231-6498
SIGA-NOS

Notícias

Semana do saco cheio. Boa oportunidade para visitar Itu

Com a pressão de provas, trabalhos, vestibular e Enem, muitos jovens aproveitam a proximidade dos feriados de 12 e 15 de outubro — dia de Nossa Senhora Aparecida e dia dos professores, respectivamente — para tirar uma semana de folga e viajar com os amigos.
 
Hotéis e pousadas de fazendas históricas aproveitam a “semana do saco cheio” para receber estudantes com opções de festas e muita diversão para os jovens. Baladas, passeios, trilhas do saber e cultura é um roteiro interessante de conhecimento e diversão e boa oportunidade para conhecer o patrimônio histórico da Estância Turística de Itu, que já conta 407 anos de vida.
 
Apesar de não ser oficialmente adotada por instituições de ensino, cursinhos e universidades, a semana do saco cheio é uma tradição para muitos estudantes brasileiros. A data surgiu no país na década de 80, após muitos estudantes emendarem os feriados com a proposta de descansar dos estudos. Depois que o costume se firmou, algumas instituições aproveitam a época para promover as viagens de formatura e realizar atividades culturais.

Não importa o destino, o importante é aproveitar as companhias e voltar com muitas histórias para contar. E a histórica Itu tem muito para contar. Museus, Igrejas de estilo barroco, arquitetura colonial, parque geológico e as fazendas bandeirantistas são algumas opções de passeio. Importante lembrar que Itu fica distante apenas 100 km de São Paulo pela ótima Castello Branco. Além disso, tem hotéis, pousadas e restaurantes para todos os gostos e bolsos. A culinária vai da internacional até a comida caipira.

Se bem administrada, a semana do saco cheio não é prejudicial ao rendimento do estudante. Os jovens que se sentirem cansados e tiverem a oportunidade de viajar com pais e amigos podem e devem tirar um tempo para relaxar sem peso na consciência. É preciso tomar cuidado para não desacelerar totalmente a rotina de estudos. Ler resumos de livros e anotações das aulas pode ser uma boa forma de evitar a quebra de ritmo.