11 99231-6498
Language:
Apresentação
11 99231-6498
SIGA-NOS

Publicações 2020

Outros trens turísticos no Estado de São Paulo

Trem Maria Fumaça em Campos do Jordão.
Itu e Salto, duas importantes estâncias turísticas no Estado de São Paulo, terão seu trem turístico a partir do mês de dezembro. Um projeto que atravessou 15 anos com o sonho de uma Maria Fumaça pertinho de São Paulo. Mas a locomotiva será a Diesel, sem muitas explicações dos responsáveis pela implantação da atração turística.

Aliás, o Diretor Presidente da empresa responsável pelo empreendimento, acaba de se manifestar explicando a “polêmica” de a locomotiva não ser uma Maria-Fumaça, e sim um modelo a Diesel. Segundo ele, existem dois entraves: impactos ambientais e problemas com manutenção. “Uma Maria-Fumaça é muito poluente e, por serem antigas, os reparos são complexos”. Mas ele não descarta o aluguel de modelos do tipo em datas comemorativas. “O que importa é o trem estar circulando”. Jogou bem para a torcida.

Como que, em 15 anos de desenvolvimento, ninguém reparou nesses detalhes técnicos. Mas, há muitas outras Maria-Fumaça circulando pelo Estado de São Paulo. A questão do preço das passagens anunciado também é importante de ser analisado e, para tanto, publicamos diversos outros trens turísticos com seus trajetos e preços para uma simples comparação.

Outras soluções para cair o preço das passagens

Porque não um projeto para vender espaços publicitários no trem? Empresas poderiam ser convidadas a participar patrocinando vagões. Decorando seus interiores, apresentando seus produtos e até fornecendo brindes aos passageiros. Um ótimo trabalho para as agências de propaganda de Itu e Salto.

Outra iniciativa seria vender espaços de painéis publicitários ao longo do trajeto da linha férrea. Mas teria que haver estudos dos locais destinados à propaganda para não “tampar” a paisagem.

O trem, também, poderia ser alugado para festas de família ou de empresas com um vagão especialmente decorado e exclusivo para uma comemoração particular com diversão, comida e bebida acontecendo durante o passeio. Seriam programados para dias e horários especiais diferentes dos roteiros normais.

Trem dos Imigrantes em São Paulo
Com entrada pelo Museu do Imigrante, antiga hospedaria localizada no bairro da Mooca, em São Paulo, que recebia os imigrantes que chegavam ao Brasil pelo porto de Santos no fim do século XIX e início do século XX, este passeio refaz parte do trajeto original a bordo de uma composição tracionada por uma maria fumaça a vapor de 1922. O passeio dura em torno de 25 minutos.
Serviço:
Embarque: Memorial da Imigração. R. Visc. de Parnaíba, 1316, Mooca, São Paulo – SP
Quando: aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h, com saídas de hora em hora
Quanto custa: R$15,00.
Onde comprar: a passagem pode ser adquirida na bilheteria do museu.
Site: http://goo.gl/cwMJ6E

Trem das Águas Claras no Vale do Paraíba
O percurso é curto, dura cerca de 40 minutos, e liga a cidade de Pindamonhangaba ao Parque das Água Claras. Este passeio deve ser feito com agendamento.
Serviço:
Embarque: Estação Pindamonhangaba. Rua Martin Cabral, 87, Centro, Pindamonhangaba – SP
Quando: de segunda a sexta-feira. Somente com agendamento
Quanto custa: R$19,00 ida e volta com entrada no parque
Onde comprar: somente com agendamento
Site: http://goo.gl/NRqpau

Piracuama
Quem curte turismo rural, comida feita em fogão a lenha, deitar em uma rede após o almoço e sentir aquela brisa fresca, precisa conhecer o distrito de Piracuama, em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba. E para ficar ainda melhor, é possível chegar lá de trem.
Serviço:
Embarque: Estação Pindamonhangaba. Rua Martin Cabral, 87, Centro, Pindamonhangaba – SP
Quando: sábados, às 13h30, e domingos, às 10h e 14h
Quanto custa: R$11,00 ida e volta. O bilhete não inclui passeios no local
Onde comprar: o bilhete deve ser comprado na estação. Pede-se chegar com, pelo menos, meia hora de antecedência
Site: http://goo.gl/q2P0qW

Trem de Guararema
O trem turístico de Guararema começou a operar em 2015 e já tem uma vantagem sobre os outros passeios: nele está operando a maior maria fumaça em funcionamento no Brasil. A “Velha Senhora” é uma locomotiva americana fabricada em 1927 e que foi totalmente restaurada. Ela puxa três vagões de passageiros de 1930 e faz um percurso de 5,5 quilômetros até a estação Luis Carlos. Mas muito antes de ser levada para Guararema para servir como trem turístico, a Velha Senhora já passeou muito pela cidade quando era usada para o transporte de passageiros entre as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. O passeio tem duração total de duas horas e meia, que inclui todo o trajeto de Guararema a Luís Carlos, parada na vila para visitação e retorno.
Serviço:
Embarque: Estação Ferroviária de Guararema. Rua Coronel Ramalho, s/n, Centro, Guararema – SP
Quando: sábados, domingos e feriados, com saídas às 10h e 15h.
Quanto custa: R$50,00.Ainda não aceitam pagamentos feitos com cartão
Onde comprar: o bilhete deve ser comprado na estação de Guararema
Site: http://goo.gl/YpSyXJ

Paraguaçu Paulista – Trem Turístico Maria Bonita
Este passeio de trem em Paraguaçu Paulista é puro charme. Você embarca em um trem puxado por uma locomotiva inglesa a vapor fabricada em 1879 e, em um trajeto de 24 quilômetros, faz uma viagem no tempo sobre os trilhos da antiga Estrada de Ferro Sorocabana.
Durante o percurso, algumas paradas precisam ser feitas para aumentar a pressão das caldeiras da Dona Lina, como é chamada a maria fumaça. Ao chegar na Estação de Sapezal, os passageiros poderão acompanhar a manobra da locomotiva no viradouro, visitar o Memorial “Irmãs Galvão”, a dupla caipira feminina mais antiga do Brasil, entre outras atividades programadas.
Serviço:
Embarque: Antiga Estação Ferroviária – Av. Miguel Deliberador, s/nº, ao lado da Fonte Luminosa, Paraguaçu Paulista – SP
Quando: sábados e domingos, às 9h. Duração do passeio: 3 horas
Quanto custa: R$20,00. Crianças e idosos pagam R$15,00
Onde comprar: o bilhete deve ser comprado na estação de Paraguaçu Paulista com, pelo menos, meia hora de antecedência. Paraguaçu Paulista fica na região da Sorocabana próxima a Assis.
Site: http://goo.gl/xgism8
 
Maria Fumaça – Campos do Jordão
Reinaugurado durante a temporada de inverno deste ano, o passeio de Maria-Fumaça da Estrada de Ferro Campos do Jordão (EFCJ) continua em operação e é opção de lazer para todas as idades. Em três meses de operação, mais de 7 mil passageiros fizeram o passeio, que percorre um trecho de 4 quilômetros entre as estações Emílio Ribas e Abernéssia.
São quatro viagens por dia, às sextas, sábados, domingos e feriados nacionais, com saídas às 11h, 13h, 15h e 17h da estação Emílio Ribas, em Campos do Jordão. O bilhete custa R$ 23,00 por pessoa e crianças de até 5 anos, no colo de um adulto, não pagam passagem. A ferrovia conta com subsídios do Governo do Estado e da Prefeitura local.
O tempo total do percurso de ida e volta é de 30 minutos. Cada viagem tem capacidade para até 64 passageiros.
A locomotiva a vapor utilizada no passeio é de origem alemã, fabricada pela empresa Linke-Hofmann-Werke, em 1927 e opera no trecho através de uma parceria entre a EFCJ e a Prefeitura de Taubaté.
Serviço:
Passeio de Maria-Fumaça em Campos do Jordão
Dias: Sextas, sábados, domingos e feriados nacionais
Horários: saída às 11h, 13h, 15h e 17h da estação Emílio Ribas
Trajeto: entre as estações Emílio Ribas e Abernéssia (4 km)
Duração: 30 minutos (ida e volta)
Tarifa: R$ 23,00 (gratuito para crianças de até 5 anos, que viajar no colo de um adulto)

Maria Fumaça – Campinas a Jaguariúna
O passeio começa com a apresentação da “Maria Fumaça”, para se entender como ela funciona e os passageiros poderão ver a lenha queimando. Todos entenderão o movimento das braçagens (Barra horizontal de ferro que une todas as manivelas nas locomotivas), a importância da areia nas ferrovias e conhecerá o sino e apito da locomotiva em funcionamento.
A viagem acontece pelos antigos trilhos da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro. Ao longo da viagem, o turista receberá instruções dos monitores, sobre a história da Mogiana, maria fumaça, sobre as fazendas, estações, entre outras informações.
Além das “ferromoças” o trem tem também o “seu” Salvador, o sorveteiro, que traz deliciosos sorvetes que fazem a alegria da criançada. Tudo, isso enquanto o trem prossegue sua viagem “balançando” pelos trilhos. No meio da viagem os vagões são visitados pelo Trio Maria Fumaça, um animado conjunto que vai tocar músicas como “Trem das Onze” entre outros clássicos da musica brasileira.
O trem conta, também, com um carro restaurante que aceita cartões de crédito e débito. O trajeto permite conhecer seis estações, sendo cinco já restauradas e uma aguardando patrocínio para seu restauro: Anhumas, Pedro Américo, Tanquinho, Desembargador Furtado, Carlos Gomes e o fim da linha em Jaguariúna.
Nesta estação o trem permanece em torno de 45 minutos. Não deixe de visitar o museu ferroviário, o “retrato” de época e os elegantes bares da estação.
Serviço:
Tarifas:
PERCURSO COMPLETO (PC)*
Inteira  R$ 120,00
Meia Entrada R$ 80,00
Campinas – Tanquinho -  MEIO PERCURSO (MP)*
Inteira  R$ 100,00
Meia Entrada R$ 60,00

 
Os preços divulgados pela Serra Verde para o Trem Republicano

Vagão convencional – R$70,00 por pessoa. Intermediário turístico – R$ 87,40. Vagão boutique (com permissão para até 10 pets) – R$ 101,00 por pessoa. Mediante cadastro, moradores de Itu e Salto podem ter descontos de até 50% nas passagens. Mas, não se sabe onde fazer o cadastro.
O valor mais barato no vagão convencional de R$70,00 saíra muito caro para uma família de um casal e dois filhos – R$280,00. Isso torna o passeio de trem muito elitista e para poucas famílias.

 
 
www.grandeitu.com.br
Raul Machado Carvalho – Editor
grandeitu@grandeitu.com.br
 


                                          
 













    

















0D