11 99231-6498
Language:
Apresentação
11 99231-6498
SIGA-NOS

Publicações 2021

Para não se esquecer que o Brasil tem nome de árvore

O reflorestamento permite abundância de água.
Não há referência melhor para um País ter nascido com o nome do famoso Pau Brasil, uma árvore abundante no território do descobrimento, no atual Estado da Bahia. Fazia parte da Mata Atlântica. Assim, o nome de Brasil surgiu naturalmente pela quantidade dessa árvore com coloração avermelhada cuja madeira poderia ser utilizada para tingimento e para a produção de móveis, partes de navios e muito mais.

Infelizmente, hoje, só há 7,2% da Mata Atlântica, que cobria todo o nosso litoral do nordeste até o sul, em pé. Agora, o Pau Brasil é uma raridade no País. Por isso, apesar dos enormes problemas provocados pela má gestão do meio ambiente, é necessário conscientizar a população da importância de se plantar árvores. Especialmente sobre as regiões de nascentes e mata ciliar, para que não falte água para a humanidade.

Sustentabilidade na natureza é um processo de longo prazo que gera ótimas condições econômicas para o produtor rural e uma garantia para o futuro da sua propriedade. Dessa forma precisamos divulgar a necessidade de se plantar árvores, aonde for possível. Levar essa importante situação de se preservar a natureza poderia, até, fazer parte de uma específica atividade escolar para alunos de 1º e 2º graus.

Uma vez por semestre as escolas públicas e privadas poderiam organizar um dia de plantio. Mudas poderiam ser obtidas na fazenda da SOS Mata Atlântica, em Itu, onde funciona um viveiro com capacidade de produzir, anualmente, 750 mil mudas de 110 espécies nativas da Mata Atlântica. Elas são plantadas em projetos na região e dentro da própria fazenda que, neste processo de recomposição da floresta, já recebeu o plantio de 720.000 (setecentos e vinte mil) mudas de árvores nativas da Mata Atlântica. Essas ações também atraem turistas interessados na natureza.

Com 12 anos de existência, o Centro acumula ótimos resultados, como o retorno de nascentes e o aumento da presença de animais e grande quantidade de aves na região. Houve um aumento de mais de 150% no número de espécies de aves na antiga fazenda. Em 2007 eram 81 espécies de aves no local. Dez anos depois, o número chega a 208, incluindo duas espécies ameaçadas de extinção: a perdiz e a curica.

O Centro de Experimentos Florestais da Mata Atlântica em Itu fica na Rodovia Marechal Rondon, km 118. Fone: (11) 4013-2552.

19/04/2021


 
Raul Machado Carvalho – Editor
www.grandeitu.com.br
grandeitu@grandeitu.com.br