11 99231-6498
Language:
Apresentação
11 99231-6498
SIGA-NOS

Publicações 2020

Paulo Marins toma posse na Academia Ituana de letras dia 29

No sábado, 29 de fevereiro, às 10 horas, a Academia Ituana de Letras receberá, em sessão solene, aberta ao público, seu mais novo integrante, o Prof. Paulo César Garcez Marins. O historiador será saudado pela acadêmica Maria Lúcia Caselli, no Auditório do Centro de Estudos do Museu Republicano Convenção de Itu à rua Barão do Itaim, 140 – no centro histórico.

Paulo Marins é Doutor em História pela Universidade de São Paulo, na qual trabalha como pesquisador do Museu Paulista e Professor na área de Patrimônio Cultural. É docente do Programa de Pós-graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e do Programa de Pós-graduação em Museologia, ambos da USP. É, também, pesquisador principal do Projeto Temático "Coletar, identificar, processar, difundir: o ciclo curatorial e a produção do conhecimento", financiado pela FAPESP (2017-2022), sediado no Museu de Arte Contemporânea da USP.

Seu currículo registra, também, sua participação como membro do conselho internacional de projetos sobre museus sediado na Universidade de Paris. Dentro do Museu Paulista (Museu do Ipiranga) já atuou na presidência de diversos conselhos inclusive de publicações.

É autor de dois importantes estudos “Habitação e vizinhança: limites da privacidade no surgimento das metrópoles brasileiras”, na coleção História da Vida Privada no Brasil e “Nas matas com pose de reis: a representação de bandeirantes e a tradição retratística da monarquia européia”, publicado na Revista do Instituto de Estudos Brasileiros da USP.

Atuação na Estância Turística de Itu

Marins tem um forte vínculo com a história regional e pesquisa da arquitetura histórica de Itu. É autor do prefácio dos livros “Memória de Itu” e “Miguel Dutra, bicentenário de nascimento” além de coordenar parte do projeto Terra Paulista, promovido pelo CENPEC.

O Dr. Paulo Marins foi eleito para a Academia Ituana de Letras em 05 de outubro de 2019 para a Cadeira 28, que tem por patrono o regente do império Padre Diogo Antonio Feijó, que viveu em Itu no séc XIX, cidade que o projetou na política nacional como um dos mais atuantes intelectuais do pensamento liberal.

A Cadeira foi criada logo depois a fundação da ACADIL, em 1993, tendo por primeira ocupante a Profª. Maria de Lourdes Figueiredo Sioli, falecida em 24 de maio do ano passado. Maria de Lourdes atuou como educadora, agente cultural e cronista, além de ser uma das fundadoras da Academia Ituana de Letras.

A Academia Ituana de Letras (ACADIL) é uma associação de escritores fundada em 1992, que conta com trinta e quatro membros que se dedicam à produção literária e estudos sobre a Língua Portuguesa e Literatura em geral.
 


www.grandeitu.com.br
grandeitu@grandeitu.com.br
Raul Machado Carvalho - Editor