11 99231-6498
Language:
Apresentação
11 99231-6498
SIGA-NOS

Publicações 2020

Registro no Cadastur cresce, mas ainda é pequeno

Em 2020, 20 mil novos serviços turísticos regularizaram a sua situação junto ao Ministério do Turismo. É muito pouco. Na rede hoteleira de Itu, por exemplo, somente o hotel KK tem o Cadastur. Nenhum restaurante, nenhuma pousada, nenhuma agência de viagens.
 
O Ministério do Turismo acaba de divulgar os dados do Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), no ano passado. Segundo o balanço, em 2020, foram registrados 20 mil cadastros de  empresas e profissionais que atuam no setor de turismo. Com isso, agora há 118.786 prestadores de serviços atuando legalmente no Brasil.
 
Trata-se de uma marca histórica e o número é 20% maior do que o registrado em 2019 e, em outros 10 estados, o aumento foi de mais de 110% na comparação com 2019. Em relação aos novos registros ou renovações, os destaques ficaram por conta de Goiás (+ 175%), Piauí (+ 140%), Mato Grosso (+ 122%), São Paulo (+ 119%) e Minas Gerais (+ 118%).
 
Segundo a Lei Geral do Turismo, o registro no Cadastur é obrigatório para sete categorias do setor, sendo que a maior parte dos cadastros, atualmente, é de agências de turismo (33.256). A obrigatoriedade do registro alcança ainda quem exerce a profissão de Guia de Turismo (24.397) ou é proprietário de meios de hospedagem (16.430), transportadora turística (14.651); organizadora de eventos (6.604); acampamento turístico (304); e parque temático (175).

O cadastro é uma importante fonte de consulta para o turista, garantindo maior segurança na escolha de prestadores de serviços turísticos. A iniciativa também traz benefícios a empresa e profissionais do setor. Isso porque, ao se cadastrar, passam a contar com diversas vantagens e oportunidades de negócios, como acesso a programas e projetos do MTur, incluindo cursos de qualificação, apoio em feiras e eventos, visibilidade nos canais de divulgação da Pasta e, ainda, acesso a financiamento por meio de bancos oficiais.

O registro do Cadastur precisa ser renovado a cada cinco anos para os guias de turismo e a cada dois anos para as demais atividades.

Para conferir acesse o seguinte link: (não esqueça de marcar não sou robô)
https://cadastur.turismo.gov.br/hotsite/#!/public/pesquisar-prestador/inicio?filtro=%7B%22currentPage%22:1,%22pageSize%22:10,%22sortFields%22:%22nomePrestador%22,%22sortDirections%22:%22ASC%22,%22filtros%22:%7B%22noPrestador%22:%22%22,%22localidade%22:%22%22,%22nuAtividadeTuristica%22:%22Meio%20de%20Hospedagem%22,%22souPrestador%22:false,%22souTurista%22:true,%22bairro%22:%22centro%22,%22localidadesUfs%22:%22rua%20domingos%20fernandes,%2094%20Itu%20sp%22,%22localidadeNuUf%22:%2225%22,%22flPossuiVeiculo%22:%22%22%7D%7D#pesquisar



Em 2020, 20 mil novos serviços turísticos regularizaram a sua situação junto ao Ministério do Turismo. É muito pouco. Na rede hoteleira de Itu, por exemplo, somente o hotel KK tem o Cadastur. Nenhum restaurante, nenhuma pousada, nenhuma agência de viagens.
 
O Ministério do Turismo acaba de divulgar os dados do Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), no ano passado. Segundo o balanço, em 2020, foram registrados 20 mil cadastros de  empresas e profissionais que atuam no setor de turismo. Com isso, agora há 118.786 prestadores de serviços atuando legalmente no Brasil.
 
Trata-se de uma marca histórica e o número é 20% maior do que o registrado em 2019 e, em outros 10 estados, o aumento foi de mais de 110% na comparação com 2019. Em relação aos novos registros ou renovações, os destaques ficaram por conta de Goiás (+ 175%), Piauí (+ 140%), Mato Grosso (+ 122%), São Paulo (+ 119%) e Minas Gerais (+ 118%).
 
Segundo a Lei Geral do Turismo, o registro no Cadastur é obrigatório para sete categorias do setor, sendo que a maior parte dos cadastros, atualmente, é de agências de turismo (33.256). A obrigatoriedade do registro alcança ainda quem exerce a profissão de Guia de Turismo (24.397) ou é proprietário de meios de hospedagem (16.430), transportadora turística (14.651); organizadora de eventos (6.604); acampamento turístico (304); e parque temático (175).
O cadastro é uma importante fonte de consulta para o turista, garantindo maior segurança na escolha de prestadores de serviços turísticos. A iniciativa também traz benefícios a empresa e profissionais do setor. Isso porque, ao se cadastrar, passam a contar com diversas vantagens e oportunidades de negócios, como acesso a programas e projetos do MTur, incluindo cursos de qualificação, apoio em feiras e eventos, visibilidade nos canais de divulgação da Pasta e, ainda, acesso a financiamento por meio de bancos oficiais.
O registro do Cadastur precisa ser renovado a cada cinco anos para os guias de turismo e a cada dois anos para as demais atividades.
Para conferir acesse o seguinte link: (não esqueça de marcar não sou robô)
https://cadastur.turismo.gov.br/hotsite/#!/public/pesquisar-prestador/inicio?filtro=%7B%22currentPage%22:1,%22pageSize%22:10,%22sortFields%22:%22nomePrestador%22,%22sortDirections%22:%22ASC%22,%22filtros%22:%7B%22noPrestador%22:%22%22,%22localidade%22:%22%22,%22nuAtividadeTuristica%22:%22Meio%20de%20Hospedagem%22,%22souPrestador%22:false,%22souTurista%22:true,%22bairro%22:%22centro%22,%22localidadesUfs%22:%22rua%20domingos%20fernandes,%2094%20Itu%20sp%22,%22localidadeNuUf%22:%2225%22,%22flPossuiVeiculo%22:%22%22%7D%7D#pesquisar



 
www.grandeitu.com.br
Raul Machado Carvalho – Editor
grandeitu@grandeitu.com.br