11 99231-6498
Language:
Apresentação
11 99231-6498
SIGA-NOS

Publicações 2019

Sinos históricos – Proporcionam Encontro e Pesquisa em Itu Eventos celebram dia do Patrimônio Histórico

No próximo final de semana dois eventos marcarão o dia do Patrimônio Histórico na Estância Turística de Itu. O Museu da Música e o Museu dos Sinos de São João del Rei se uniram para oferecer um encontro cultural sobre a linguagem dos sinos daquela cidade mineira, única a conservar um código de sinais sonoros desde o século XVIII, daí o toque de sinos ter sido registrado como Patrimônio Imaterial Brasileiro pelo IPHAN.
 
Anualmente, o Brasil celebra o Dia do Patrimônio Histórico em 17 de agosto. Em Itu, o evento, realização conjunta da Secretaria Municipal de Cultura e do Patrimônio Histórico e Museu da Energia, será conduzido pelo sineiro Samuel Vieras, um dos responsáveis pelo Museu dos Sinos, instalado na Igreja da Ordem Terceira do Carmo, em São João Del Rei, Minas Gerais.
 
Além da linguagem, Viegas tratará da fabricação dos sinos, o processo de ensino e aprendizagem do ofício de sineiro e a sua conservação. “Sentinelas sonoras: a linguagem dos sinos de São João del Rei” acontecerá no dia 16 de agosto, sexta-feira, a partir das 19h30 no Museu da Energia – Entrada Franca.
 
Outro evento que acontecerá durante o final de semana é um amplo inventário dos sinos históricos da Itu, realizado pelo Museu da Música e Secretaria Municipal de Cultura em parceria com o Museu dos Sinos. O levantamento inédito do patrimônio campanológico da cidade pretende recolher informações sobre cerca de trinta sinos antigos instalados nas torres das igrejas barrocas da cidade. Os exemplares devem contar com cerca de 150 a 80 anos.
 
Segundo o coordenador de acervo e documentação do Museu da Música, Luís Roberto de Francisco, o inventário possibilitará o reconhecimento da história e do uso dos sinos, suas características e originalidade de fabricação, além de seu estado de conservação.
 
Para o maestro Luís de Francisco, “comumente ouvimos os sinos, mas pouco se sabe sobre eles. A maioria dos ituanos nunca viu os sinos, porque eles ficam fechados nas torres das igrejas”. Com esse levantamento será possível descobrir e revelar muito sobre a qualidade dos sinos antigos de Itu, que marcaram o tempo e a vida da cidade nos últimos séculos.
 
O Museu da Música considera que há um patrimônio sonoro que pode ser recuperado à medida que o ofício de sineiro for incentivado e recuperado em Itu.
 
16 de agosto, sexta-feira, 19h30 
Encontro cultural “Sentinelas Sonoras, a linguagem dos sinos de São João Del Rei”. Samuel Viegas (Museu dos Sinos de São João Del Rei)
Museu da Energia de Itu – Rua Paula Souza, 669 – Centro Histórico de Itu.



 

www.grandeitu.com.br
Raul Machado Carvalho – Editor
grandeitu@grandeitu.com.br